Mudança de hábito: aprenda a melhor forma de exercitar o cão


Assim como nos humanos o sedentarismo também é prejudicial aos animais. É importante que você crie uma rotina de atividades para seu bichinho de estimação e quem sabe até tê-lo como companheiro nas atividades.

Em 30 minutos diários de caminhada, o seu cachorro pode perder alguns quilinhos extras, melhorar a condição cardiovascular, fortalecer os músculos, prevenir a hipertensão, obesidade, diabetes, regular os níveis de colesterol e ter muitos outros benefícios.

A primeira dica para começar qualquer atividade física com o seu pet é procurar o médico veterinário de confiança. Ele deve fazer um check-up e orientar melhor sobre as condições físicas do animal.

Para cada idade, existem cuidados especiais para exercitar o cão. No caso de um filhote de qualquer raça, o melhor exercício é brincar com ele. Nessa fase da vida, é muito saudável e ajuda no bom desenvolvimento do organismo. Quando cansados, os filhotes procuram um local para deitar e descansar. Respeite esse momento do pet.

No caso de cães adultos, a caminhada é o exercício ideal. Porém, existem alguns cuidados que devem ser tomados:

• O aumento do tempo da atividade física deve ocorrer de forma gradativa e sempre respeitar as reações do seu cachorro.

• Durante a caminhada, leve sempre água fresca. Se o animal ficar ofegante, diminua o ritmo e procure uma sombra.

• Nas caminhadas realizadas no verão, mesmo que seja pela manhã, verifique a temperatura do chão, se estiver muito quente, o cão sentirá desconforto e pode até causar queimadura nas patas.

Animais que praticam atividade física apresentam melhora no comportamento, ficam mais dóceis e obedientes, mais qualidade no sono e a sobrevida pode aumentar em até 2 anos.

Comentários

Veja também

Como Alimentar Cães sem dentes?

VetBR e Alfa Distribuidora fecham acordo comercial de distribuição de produtos veterinários

Brasil torna-se maior exportador mundial de carne