Arroba sobe em julho com menor oferta


A redução da disponibilidade de animais prontos para abate sustentou as cotações do boi gordo em julho, de acordo com pesquisadores do Cepea. Entre 29 de junho e 31 de julho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa acumulou aumento de 1,7%, fechando a R$ 141,70.

Mesmo com a menor oferta de boi gordo no mercado interno e com as exportações em ritmo mais intenso em julho, os preços da carne negociada no mercado atacadista da Grande São Paulo seguiram em queda. No acumulado de julho, a carcaça casada de boi se desvalorizou 0,83%, passando para R$ 9,51/kg no encerramento do mês (à vista).

Comentários

Veja também

VetBR promove palestra sobre Comportamento Animal em Belo Horizonte

VetBR promove palestra: O uso do Adaptil e o bem estar canino

Como os animais de estimação podem fazer parte da ceia de Natal