Cuidados com os pets nas comemorações de fim de ano


É muito comum que cães e gatos tenham medo e se assustem com os barulhos emitidos por esse tipo de produto, mas é nosso papel minimizar o desconforto e oferecer um pouco de bem-estar para eles.

Nos dias de comemoração, é indicado que deixe um canto especial para que o pet possa se recolher caso se sinta inseguro. Muitos cachorros e gatos gostam de se esconder e ficar mais quietos quando não se sentem bem. 

Evite dar muita comida e água para o seu pet antes do horário em que mais costumam soltar fogos de artifício. Com o estômago cheio e a agitação, alguns cachorros podem ter “torção gástrica”. Episódios de vômitos e diarreia também são frequentes em casos de estresse.

Opte por uma refeição light ao final da tarde, independentemente se seu animalzinho é um cachorro ou um gato. A comida também costuma servir para distraí-lo durante a “virada”, mas se isso não for feito da maneira correta, reforçará ainda mais seu medo.

Fique atento! As fugas e acidentes costumam acontecer especialmente no Ano Novo, quando as pessoas estão em um estado de euforia maior e os Pets acabam ficando meio “perdidos” em meio a todo esse movimento. Descuidos com portões, janelas e portas são frequentes nessas ocasiões de festas e, por isso, o ideal é sempre mantê-los na segurança de onde moram.

Comentários

Veja também

VetBR promove palestra sobre Comportamento Animal em Belo Horizonte

VetBR promove palestra: O uso do Adaptil e o bem estar canino

Como os animais de estimação podem fazer parte da ceia de Natal