Dificuldade na aquisição de matéria prima fez com que frigoríficos elevassem pagamento pela arroba


Mercado calmo, com poucos negócios na última segunda-feira, 3 de dezembro, porém, a cotação da arroba do boi gordo subiu em sete praças pecuárias. A pouca oferta de boiadas pressionou as cotações onde as indústrias não conseguiram alongar as escalas de abate na semana passada.

Este foi o caso das regiões Norte de Minas Gerais e de Belo Horizonte-MG. Nesta última, a alta foi de 0,3% e as escalas de abate atendem, em média, três dias, o que abriu espaço para negócios acima da referência.

Em Rondônia a valorização foi de R$ 1/@. A dificuldade em adquirir matéria-prima vem desde novembro. A arroba subiu 1,5% desde o início do último mês.

No mercado atacadista a maior demanda de início de mês pressionou positivamente as cotações da carne com osso. O boi casado de animais castrados ficou cotado em R$9,97/kg, alta de 0,5% na comparação diária.

Fonte: Scot Consultoria

Comentários

Veja também

Como Alimentar Cães sem dentes?

VetBR realiza ação em celebração ao Ano do Cliente na Agrodez em Uberlândia.

VetBR realiza ação solidária em prol de entidades de Perdões